Corretor Locação Marketing Mercado Proprietário Venda

Tendências tecnológicas no mercado imobiliário

Tendências tecnológicas no mercado imobiliário

A expectativa é de melhora nas vendas de imóveis em 2018. Para aproveitar o cenário favorável e fechar mais negócios, é importante estar atento às novidades e tendências. Não existe espaço para profissionais medianos. Veja alguns exemplos de mudanças tecnológicas em alta:

Drones

Os drones, com câmeras fotográficas acopladas, estão sendo cada vez mais usados por imobiliárias e construtoras. O equipamento aéreo é controlado a distância por pessoas em computadores, e faz imagens de excelente qualidade do alto dos imóveis ou construções.

Eles estão sendo empregados tanto para medição e estudo de terrenos quanto para fazer vídeos sobre o andamento das obras e impressionar os clientes com boas imagens. Afinal, os ângulos obtidos por meio dos drones são impossíveis de serem feitos com câmeras tradicionais.

Além disso, os drones também se farão cada vez mais presentes dentro do mercado ao, por exemplo, se tornarem meios de auxílio em segurança pelas construtoras como síndicos de condomínio.

Aplicativos de imagens 360º

Aplicativos de celular, tendências tecnológicas para o mercado imobiliário

Outra forte tendência relacionada ao audiovisual são as fotos 360º, que possibilitam a visualização e a experimentação de um local como se a pessoa estivesse lá. Ou seja, é ideal para mostrar imóveis aos clientes e despertar mais interesse em conhecer o ambiente pessoalmente.

É possível contratar empresas para realizar as fotografias, mas também existem aplicativos para o celular, como o Câmera Cardboard e o Panorama 360, que podem ajudar a alcançar o resultado.

Esse recurso é muito poderoso por trabalhar com a mente e a imaginação dos clientes. De forma similar ao que acontece com novelas por exemplos, as fotos em 360º conseguem gerar uma sensação e expectativa de como seria a vida dos clientes naquele imóvel.

Naturalmente tais fotos precisam ter uma qualidade impecável em todos os sentidos.

Agora, é importante lembrar que ainda que seja um ótimo recurso para clientes que ainda não puderam estar no imóvel conferirem a qualidade da obra, não deve ser encarado como um modo de substituir as visitas presenciais. Pois sempre existem os clientes que desejam “sentir” o imóvel que estão comprando, se tem um clima legal e por aí vai.

Anúncios online

Alguém tem dúvidas de que eles vieram para ficar? Estar online deixou de ser uma opção faz tempo, e a tendência agora é inovar e melhorar os anúncios para atrair a atenção de pessoas interessadas.

Um bom jeito de fazer isso é aumentando a qualidade das fotos, inovando na abordagem, além de sempre fornecer informações objetivas e relevantes. Também não se esqueça de responder os clientes rapidamente e de forma eficiente e cordial.

Os portais imobiliários são uma boa alternativa para anunciar online, já que aparecem nas primeiras opções orgânicas de resultados para buscas de imóveis para alugar ou comprar.

As redes sociais também são ferramentas interessantes para atrair clientes e criar relacionamentos. Essas mídias, como o Facebook e o Twitter, podem ser usadas para compartilhar os anúncios dos imóveis publicados nos portais especializados.

Assinaturas digitais em contratos

Apenas uma versão mais atual do que as convencionais assinaturas em contratos de papel que iriam demandar certificação em cartórios.

As assinaturas digitais usam da criptografia para vincular um certificado digital ao documento eletrônico, neste caso um contrato de transação imobiliária, que é assinado pelo comprador. Tal processo que aufere autenticidade e integridade ao documento e assinatura, dando garantias a pessoa que adquiriu o imóvel.

Ela ainda não é muito comum no mercado, mas como estamos falando de tecnologia e agilização e facilitação de processos, certamente é um quadro que deve mudar com o tempo.

Automação residencial

Com objetivo principal de dar mais conforto e praticidade aos moradores do imóvel, a automação residencial trata-se de um processo que usa determinadas tecnologias para tornar a casa mais eficiente, com um consumo de energia mais equilibrado e até tornar algumas tarefas domésticas automáticas.

Dentre estas, é muito popular o uso de sistemas para o acendimento e apagar de luzes dentro do ambiente, em horários que podem ser programados. Existem também alguns sensores específicos que podem ser instalados nas portas da casa. Com eles, por meio de um sistema de informação, consegue-se saber em que horas alguém entrou ou saiu. Ideal para clientes com filhos adolescentes que escapam a noite, não?

Quer saber tudo que acontece no Mercado Imobiliário? Continue acompanhando nossas atualizações.

Tendências tecnológicas no mercado imobiliário
5 (100%) 9 votos