Comprador Financiamento

Qual renda você precisa para financiar seu imóvel?

Qual é a renda que você precisa para financiar a compra do seu imóvel

Se você sonha em ter a casa própria e parar de pagar aluguel, a melhor alternativa é financiar um imóvel. Devido ao alto valor, esta é a maneira mais prática de conseguir se organizar para pagá-lo, já que é possível dividir por mensalidades ao longo dos anos.

Porém, para apostar nessa modalidade, é feita uma análise de renda para entender se a pessoa realmente poderá arcar com os custos. Assim, evita-se dividendos.

Está pensando em fazer um financiamento? Então veja quanto de renda familiar deve ter por mês de acordo com o valor do imóvel que deseja comprar!

Como funciona o processo de financiar um imóvel?

Para financiar um imóvel, a primeira regra que existe é verificar se você se enquadra nos requisitos básicos. São eles:

  • ter pelo menos 18 anos completos no momento de solicitação do financiamento;
  • reunir documentos que comprovem a sua renda para que a instituição financeira possa avaliar se você pode pagar pelo crédito;
  • estar com o nome limpo e não aparecer nas listas do SPC e Serasa. Uma dica é acompanhar o seu score de crédito e tentar mantê-lo na categoria mais alta.

Uma vez que você entende que atende a esses requisitos básicos, é preciso procurar uma instituição financeira para fornecer o crédito. Funciona quase como um empréstimo, já que o banco irá fazer o pagamento à construtora para que ela possa colocar o projeto em andamento e entregá-lo pronto dentro do cronograma. 

O indivíduo irá, então, pagar em parcelas de volta para a instituição. Entretanto, o processo não começa diretamente com as mensalidades. Primeiro, o comprador deverá oferecer uma quantia de entrada, que costuma ser entre 10 e 20% do preço total daquele espaço. Tenha em mente que, quanto maior esse valor, menores serão as parcelas.

Dependendo do banco, o prazo máximo de pagamento irá varia. Na Caixa Econômica Federal, que é a maior fornecedora de financiamentos imobiliários no país, existe a possibilidade de pagar em até 420 meses, o que resulta em 35 anos para quitar esse crédito. 

De qualquer forma, se preferir, também é possível fazer a simulação com bancos privados, como Itaú, Bradesco e Santander, ou então no Banco do Brasil. Na maioria dos casos, é possível conseguir empréstimos que chegam até 30 anos para fazer o pagamento (360 meses).

É preciso considerar que as mensalidades terão reajuste da taxa de juros. Ou seja, se você oferecer uma entrada maior, a parte parcelada será menor e, consequentemente, sofrerá menos com a variação dos juros. Esse é um ponto interessante a ser considerado na hora de financiar um imóvel.

Quais são os tipos de financiamento de imóveis?

 

Por fim, mais uma questão que deve ser levada em conta é o tipo de financiamento que pretende fazer. Os principais deles são:

FGTS

O financiamento com o auxílio do Fundo de Garantia é uma ótima opção para quem deseja oferecer uma entrada maior, além de ajudar na comprovação de renda. Só é preciso estar atento a alguns detalhes que viabilizam essa modalidade de crédito:

  • nunca ter usado o FGTS para fazer financiamentos;
  • não ser proprietário de algum outro imóvel no município;
  • morar ou trabalhar na mesma cidade do imóvel;
  • ter a carteira assinada por pelo menos três anos.

Além disso, o uso do FGTS é válido para fazer a entrada em apartamentos que custam até R$1,5 milhão. Caso queira verificar o seu saldo, basta utilizar o site do caixa ou o app. Aliás, também existem cálculos para chegar a uma quantia aproximada:

Em geral, acumula-se um salário por ano de contribuição de carteira assinada. Assim, se você ganhou uma média de R$2 mil por mês, com cinco anos trabalhados tem cerca de R$10 mil.

Minha Casa, Minha Vida

O programa do governo federal é responsável por facilitar a aquisição da casa própria, tanto em zonas rurais como urbanas. Esse sistema é voltado para famílias cuja renda total mensal é entre R$1,8 mil e R$7 mil, de acordo com os requisitos previstos na Lei Federal 11.977/2009.  Leia mais sobre como funciona Minha Casa Minha Vida.

Para participar, não é permitido já possuir outro imóvel ou ser um funcionário da Caixa Econômica Federal.

Sistema Financeiro de Habitação (SFH)

O Sistema Financeiro de Habitação (SFH) é uma das principais modalidades de financiamento no país para imóveis com valor até R$1,5 milhão e costuma apresentar uma taxa de juros mais baixa. Inclusive, conta com a possibilidade do comprador usar o FGTS na transação.

Dentro desse modelo, ainda é preciso escolher entre dois tipos de pagamento: com parcelas baseadas na Tabela SAC ou na Price. 

Na primeira, há um sistema de redução de mensalidades ao longo do tempo, porém o valor em cada uma delas costuma ser maior. Na Price, há uma constância e quantias menores por período, porém poderá demorar mais para terminar. Inclusive, também existe o modelo misto, que mescla ambos os tipos de pagamento.

Sistema Financeiro de Imobiliário (SFI)

É usado para financiar imóveis de forma similar ao SFH, mas é utilizado, principalmente, entre investidores do setor imobiliário ou por aqueles que desejam fazer uma aquisição que supera o limite de R$1,5 milhão.

Utiliza o sistema de amortização e, ainda, permite a negociação de taxas pela instituição financeira. Porém, diferente do SFH, não é possível utilizar o FGTS para entrada.

 

Então, quanto de renda preciso para financiar um imóvel?

Mão colocando moedas em uma mini casa

 

Então, confira a tabela abaixo para entender como funcionam os cálculos, com taxa nominal de 6,99% e tabela SAC:

 

Valor do ImóvelEntrada 20%Renda familiar mensal
R$ 300 milR$ 60 milR$ 6.800,00
R$ 400 milR$ 80 milR$ 9.000,00
R$ 500 milR$ 100 milR$ 11.300,00
R$ 600 milR$ 120 milR$ 13.500,00
R$ 700 milR$ 140 milR$ 15.800,00
R$ 800 milR$ 160 milR$ 18.000,00
R$ 900 milR$ 180 milR$ 20.300,00
R$ 1 milhãoR$ 200 milR$ 22.500,00
R$ 1.1 milhãoR$ 220 milR$ 24.800,00
R$ 1.2 milhãoR$ 240 milR$ 27.000,00
R$ 1.3 milhãoR$ 260 milR$ 29.300,00
R$ 1.4 milhãoR$ 280 milR$ 31.500,00
R$ 1.5 milhãoR$ 300 milR$ 33.700,00

 

Sabia! Aqui no Agente Imóvel você pode fazer uma simulação de seu financiamento com todos os banco em um lugar  so!Comparar Financiamento em todos os bancos!