Comprador Construtora Corretor Marketing Uncategorized

Como a inteligência artificial modifica o mercado de imóveis hoje?

opções relacionadas a funcionalidades do imóvel ativadas pelo celular

Tecnologia e inovação são duas palavras que regem a maioria dos mercados de hoje. Entretanto, no caso do imobiliário isso é ainda mais evidente, pois as novidades realmente trazem, em grande parte das vezes, maneiras diferentes de interagir e compreender o mercado como um todo, principalmente em termos de busca, compra e venda de bens.

Uma dessas tendências, que atingiu o mundo todo e, claro, o mercado imobiliário em cheio é a inteligência artificial. Ela passou a ser aplicada a diversos pontos relacionados ao segmento de imóveis e tem se mostrado algo realmente enriquecedor para todas as partes envolvidas no setor, aumentando a eficiência e gerando valor para clientes e empresas.

|O novo mercado imobiliário focado no comportamento do jovem consumidor|

|Fintechs: Conheça o papel das startups financeiras no mercado imobiliário|

Esse cenário é essencial para os imóveis, pois há cada vez mais competitividade, e saber trabalhar de maneira inovadora com as possibilidades oferecidas pela tecnologia atual é algo que pode, de fato, alavancar uma empresa e levá-la a outros patamares no setor.

Entenda mais sobre como a IA revoluciona o mercado de imóveis atualmente neste artigo e conheça maneiras de aplicar a tecnologia ao seu negócio!

O que é a inteligência artificial?

Mão de robô usando um tablet

A inteligência artificial é alto extremamente abrangente, e os estudos sobre ela, apesar de já parecerem extremamente conclusivos, são constantes e trazem novas informações todos os dias.

Discorrer sobre a IA é mais do que falar de uma nova tecnologia, e sim colocar em pauta uma área da ciência da computação em expansão contínua. Trata-se de um segmento da indústria que soma esforços para criar dispositivos que, por diversos meios, possam “simular” a capacidade humana em termos de raciocínio, descobertas, análise e armazenamento de informações e também na solução de problemas.

Quando falamos sobre o universo da internet, hoje, é praticamente impossível não lidar com sistemas baseados em Inteligência Artificial, ainda mais com a expansão de conceitos como o machine learning e toda a tecnologia que utiliza algoritmos.

Como a IA é aplicada ao mercado imobiliário?

mão feminina fazendo pesquisa em um notebook

Em um mercado como o imobiliário, que se baseia em pesquisa, divulgação e negociações, a IA se mostra realmente eficiente. É por meio dela que diversas tendências que prometem se destacar nos próximos anos funcionam, como o iBuyer.

Entretanto, se nas novas ideias a inteligência artificial mostra ainda mais funcionalidades, existem algumas que já estão enraizadas no mercado, e que muitas vezes não têm sua complexidade reconhecida, exatamente por sua usabilidade ser otimizada e extremamente simples para o usuário final. Veja:

Big Data

As informações são pontos principais para muitos segmentos de negócio. Atualmente, é difícil pensar em um mercado que não se valha da captação de dados para conseguir mais clientes ou expandir seus serviços com sucesso.

Pense por um instante na enorme quantidade de informações que trafegam por segundo pelas redes. A essa massa de dados damos o nome de Big Data.

Quando falamos do mercado imobiliário, a influência desse conceito é inegável, afinal, muitos dos processos se dão com base em informações difundidas on-line. Em um cenário simples, podemos supor o seguinte:

O lead é atraído por um anúncio e adiciona seus dados para receber um contato. Após fazê-lo, entra na base da empresa. Então, ele procura imóveis por meio de filtros – definidos também por todos os dados relacionados àqueles empreendimentos – e, então, encontra um que interessa.

|Obtenha os melhores LEADS para seus lanaçamentos AQUI!|

Somente nessa pequena simulação, é possível notar um volume muito grande de dados sendo trafegados. No único ato de acessar o site por meio de um anúncio, esse lead já entregou uma nuvem de dados a seu respeito para o sistema, que por sua vez correspondeu lhe entregando outras informações para ajudá-lo a encontrar o que desejava.

Percebe como o Big Data está presente em praticamente todas as nossas ações on-line? E então, a partir dele, surgem outras tendências.

Simuladores

Os simuladores do mercado imobiliário são um bom exemplo de como a Big Data e a inteligência artificial podem se unir para melhorar a experiência do usuário.

Por meio de machine learning, esses sistemas fazem uma pesquisa pelos valores vistos e praticados alguns meses atrás e, então, conseguem entregar uma previsão repleta de dados com alta precisão. Eles podem ser usados tanto para mostrar tendências para os próximos meses quanto para gerar uma noção maior sobre a avaliação de um imóvel.

No caso da avaliação, as informações são ainda mais importantes, pois envolvem aquilo que é oferecido por profissionais e vendedores comuns, afinal nenhum imóvel tem um valor absolutamente certo, não é mesmo? Ou seja: a inteligência artificial faz com que haja uma média mais clara disso, o que seria muito difícil de fazer por outros meios.

Buscadores

Há como dizer até, em certos casos, que os buscadores de imóveis sabem o que o usuário deseja antes mesmo de ele saber. Isso porque funcionam pela análise de dados que, às vezes, nem eles mesmos sabem que estão oferecendo por meio de suas buscas, sua localização geográfica, seus hábitos de uso das redes sociais, entre outros pontos.

Por meio das informações e do trabalho de sistemas de inteligência artificial, os buscadores podem entregar sugestões muito mais assertivas para o possível comprador. Este, por sua vez, se verá muito mais confiante para fechar negócio ao ver que a empresa realmente entende suas necessidades. Também encontrará o que deseja mais rapidamente, gerando uma maior rotatividade no mercado e estimulando o setor economicamente.

A inteligência artificial é uma solução absoluta para o mercado imobiliário?

duas pessoas discutindo sobre um plano de negócios sobre a mesa e um notebook com gráficos no canto

Com tanto sucesso e resultados positivos envolvendo os sistemas de inteligência artificial, principalmente em termos de ações de marketing, como o inbound marketing, por exemplo, há um questionamento: é possível apostar nas soluções inteligentes de maneira cega, com total confiança?

A resposta é não.

Assim como todo sistema, aqueles que são inteligentes, por mais inovadores e eficientes que sejam, podem falhar. E pelo fato de o mercado imobiliário mexer com ativos que podem, às vezes, valer milhões de reais (e gerar esse valor, em certos casos, com um único cliente) isso pode ser perigoso.

Portanto, o ideal é utilizar os apps, programas e todos os sistemas de investimentos, compra e venda de imóveis em parceria com o julgamento humano. Dessa maneira você pode se resguardar de possíveis equívocos da máquina e garantir o sucesso das estratégias e negociações.

Equilibre ambos e você poderá aproveitar de maneira muito mais eficiente e assertiva as soluções inteligentes, essenciais para o mercado!

O que achou do artigo? Para conferir mais conteúdos sobre tecnologia visite nosso blog.

Como a inteligência artificial modifica o mercado de imóveis hoje?
Avalie esta postagem.