Dicionário Imobiliário I IGPM

IGPM – Para que serve?

igpm-dicionário-do-mercado-imobiliário-agente-imóvel

O mercado econômico precisa de parâmetros de análises e fatores variáveis para fazer com que o funcionamento e desempenho de suas atividades seja regulado com segurança e de acordo com a realidade da economia. Um desses índices é o IGPM, que oferece uma análise pertinente para o reajuste de serviços.

É preciso aprofundar em quais são as bases para o cálculo para entender as variáveis que englobam as influências do mercado na aplicação de taxas e quantias em reajustes.

Nesse artigo você irá entender de forma específica quais são os fatores que são levados em conta no IGPM e qual a importância que o índice exerce especificamente sobre o reajuste do aluguel.

O que é IGPM?

IGPM é a sigla utilizada para o termo denominado Índice Geral de Preços do Mercado – este índice tem o seu período de cálculo mensal, e é de responsabilidade da Fundação Getúlio Vargas.

O calculo do índice é realizado para determinar quantias que deverão ser ajustadas em setores variados, como na prestação de serviços de companhias de energia elétrica, dos aluguéis de imóveis e outros que precisam de uma base estável para reajustes – provida pelo IGPM.

Ele é crucial para as bases econômicas, uma vez que norteia os cálculos de reajustes anuais. Considerando que as atividades no país são absolutamente dependentes de reajustes para alinhar as perdas e ganhos que envolvem a determinação da variação do Índice Geral de Preços do Mercado.

Essas atividades são geridas e atualizadas de modo que possam ser condizentes com a situação econômica do país, e incluem uma série de fases dos processos de produção e dos níveis de atuação do setor no Brasil.

Ele é aplicado em alguns nichos, como no setor de imobiliário, onde seu uso na locação é referente ao valor anual integral. Entretanto, para as relações de venda de imóveis, o valor é aplicado de modo a ser utilizado apenas nos imóveis prontos.

Qual a importância do IGPM no reajuste de aluguel?

O IGPM é muito importante para que proprietários possam entender quais são as medidas que devem ser aplicadas ao longo do processo de locação e as taxas a serem inseridas nos valores cobrados e reajustados.

É possível destacar que há também alguns outros medidores para determinar as taxas em relação à inflação, vamos analisar quais variáveis devem ser consideradas para a equação.

No caso do Índice Geral de Preços do Mercado, realiza-se uma análise que engloba os níveis de atividade do mercado e da atuação da área econômica do Brasil como um todo, proporcionando uma medição mais abrangente e pontual para todos os atuantes.

As variáveis aplicadas no cálculo do IGPM são:

  • O Índice de Preços por Atacado – IPA: com 60% de peso
  • O Índice de Preços ao Consumidor – IPC: com 30% de peso
  • O Índice Nacional de Custo de Construção: com 10% de peso

Os contratos que envolvem os aluguéis de imóveis prontos podem ser beneficiados pela aplicação dos valores calculados pelo IGPM pelo fato de que a sua determinação é realizada no mês no qual ele será aplicado no vigésimo dia, levando em conta o vigésimo primeiro do mês anterior.

Esse formato de cálculo, então, permite que os proprietários possam aplicar as medidas sempre ao começo do mês seguinte, bem como possam também reajustar os valores em períodos específicos que são mais vantajosos para os contratos.

Cálculo de reajuste de aluguel

Para entender de forma específica como é realizado o cálculo do reajuste de aluguel com base no IGPM, é preciso notar que existem ainda, alguns fatores presentes.

Essas variáveis aplicadas para chegar ao valor correto, incluirão:

  • O valor atual da quantia cobrada para o aluguel
  • O valor específico para o índice do IGPM que será base para o reajuste da quantia cobrada para o aluguel
  • O mês no qual o contrato foi iniciado entre as partes
  • O mês no qual o contrato irá expirar

De modo prático, ele levará em conta o período, como previamente mencionado, da totalidade do valor acumulado em um ano prévio ao reajuste.

IGPM acumulado

Quando o cálculo é necessário com base em valores acumulados de inflação, podem ser utilizados mecanismos para que os proprietários consigam abranger a quantia correta e o procedimento certo para aplicação de taxas em relação ao mercado.

Os valores referentes ao IGPM acumulado podem ser encontrados em relação ao cálculo dos valores anuais e do acúmulo nos últimos doze meses para que sejam aplicados sobre as negociações do reajuste de aluguel.

Tabela de IGPM 2017

A tabela de IGPM é calculada para estabelecer mensalmente os valores do Índice Geral de Preços do Mercado com base nos índices mensais de cada ano, oferecendo também o índice acumulado ao ano e o acumulado nos últimos doze meses.

Os valores de tabela referente os meses de Nov/2016 – Nov/2017 estão disponíveis na tabela abaixo e servem para análise e cálculo de reajuste em setores variados, por exemplo:

  • Reajustes no fornecimento de serviços de companhias de energia elétrica
  • Reajuste nos serviços prestados em escolas e universidades
  • Reajuste em seguros diversos
  • Reajuste no valor do aluguel de imóveis
IGPM – Índice Geral de Preços do Mercado
Mês/ano Índice do mês (%)    Índice acumulado no ano (%)Índice acumulado nos últimos 12 meses (%)
Nov/20170,52-1,40-0,86
Out/20170,20-1,91-1,41
Set/20170,47-2,10-1,45
Ago/20170,10-2,56-1,71
Jul/2017-0,72-2,65-1,66
Jun/2017-0,67-1,95-0,78
Mai/2017-0,93-1,301,57
Abr/2017 -1,10-0,383,37
Mar/2017 0,010,734,86
Fev/2017 0,080,725,38
Jan/2017 0,640,646,65
Dez/2016 0,547,197,19
Nov/2016-0,036,617,13

 

Correção IGPM

A correção do IGPM é importante para fazer com que os valores cobrados no reajuste de aluguel sejam condizentes com a realidade do mercado em relação às necessidades dos fornecedores de imóveis para locatários.

Dessa forma, o reajuste para a correção dos preços aplicados nos contratos pode ser benéfico para que a inflação seja gerenciada de forma segura em relação ao fornecimento de serviços.

IGPM últimos doze meses  

Os valores referentes ao cálculo do IGPM dos últimos doze meses podem ser encontrados na tabela das quantias do IGPM, que contém os índices mensais, os índices anuais e os índices referentes aos últimos doze meses (acima).

Os proprietários poderão utilizar os valores como base de cálculo para o reajuste de aluguel de suas propriedades e o aumento referente às demais quantias que sofrem variações com a inflação do mercado econômico.

Simulação de Reajuste de Aluguel

Links úteis para consultar o IGPM atualizado e projetar reajustes de preços no aluguel:

Calculadora do cidadão – Banco Central do Brasil

Calculo exato 

Clique aqui para saber mais sobre o crédito imobiliário

Sentiu falta de algum termo no dicionário do mercado imobiliário? Deixe sua palavra aqui!

IGPM – Para que serve?
5 (100%) 4 votos