C Dicionário Imobiliário IPTU

Como calcular o valor venal do seu imóvel

como-calcular-o-valor-venal-dicionrio-do-mercado-imobiliario

A melhor maneira de saber se está correto o valor venal de um determinado imóvel é fazendo o cálculo.

A fórmula em si não envolve grandes mistérios, mas exige informações disponíveis nos documentos e registros da propriedade, além de conhecimento para entender e aplicar as terminologias. Veja:

V = A x VR x I x P x TR

No caso o “V” refere-se ao valor venal do imóvel, enquanto “A” refere-se é a área da edificação.

“VR” nada mais é do que o valor unitário padrão de caráter residencial. É justamente esse valor que pode ser estabelecido por meio da Planta de Genérica de Valores do município – PGV.

Ele faz uma relação do mapa da cidade com demais aspectos de cunho econômico referente ao terreno onde efetivamente se encontra o imóvel, de forma a obter um valor base para realização do cálculo.

“I” se refere ao fator de tempo – a idade do imóvel –  que visa a redução do IPTU por meio de uma possível concessão do habite-se – isso pode ser contabilizado diante da depreciação da propriedade.

O “P” está associado ao fator de posição do imóvel. Nada mais é que sua localização no logradouro.

O fator ‘’TR’’ é relacionado com as características de construção: reformas, ampliações, modificações e etc.

Se houver dificuldade em encontrar ou analisar algumas das informações para o cálculo, o mais interessante para se certificar que o valor venal do seu imóvel está adequado, é pedir o auxílio de um profissional da área de engenharia e construção civil, pois são habituados aos termos.

Clique aqui para saber mais sobre a PGV Planta Genérica de Valores.

Sentiu falta de algum termo no dicionário do mercado imobiliário? Deixe sua palavra aqui!

Como calcular o valor venal do seu imóvel
5 (100%) 3 votos