A Alienação Fiduciária Dicionário Imobiliário

Alienação fiduciária em garantia

alienacao-fiduciaria-em-garantia-dicionario-do-mercado-imobiliario

Desde 1997 está em vigor uma lei que atua sobre o Sistema de Financiamento Imobiliário, incluindo a alienação fiduciária em fins de garantia. Mas o que isso significa?

    • Como dito, a alienação fiduciária é um instrumento seguro e interessante para ambas as partes de qualquer negociação, seja de imóveis ou veículos.

 

    • Tratando-se de garantia, caso o devedor pague integralmente sua dívida, o bem poderá ser imediatamente ser liberado e transferido para seu nome.

 

    • Caso isso não aconteça, ocorrerá um processo legal em cima do bem, chegando, em última instância, em culminar em um processo de leilão do bem. O processo incitado é chamado de processo de cobrança extrajudicial e é feito pelo Cartório de Registro de Imóveis.

 

    • A função do leilão é devolver ao credor o dinheiro que não foi recebido pelo chamado inadimplente, ou seja, o que não foi capaz de liquidar sua dívida.

 

    • Como o imóvel, veículo ou bem é a própria garantia do bem, este não pode usufruir mais dele, perdendo as parcelas já pagas. Por isso, ao investir na alienação fiduciária, é preciso ter um bom planejamento financeiro.

 

  • A lei que suporta a alienação fiduciária é tomada por diversas pequenas cláusulas, que devem ser analisadas junto a um profissional da área para evitar que haja desentendimento entre as partes.

Clique aqui para saber mais sobre Alienação Fiduciária.

Sentiu falta de algum termo no dicionário do mercado imobiliário? Deixe sua palavra aqui!

Alienação fiduciária em garantia
5 (100%) 2 votos